• Frederico Silva

Recomendações de livros, blogs e sites sobre finanças

Atualizado: 8 de Jul de 2018


No meu último post “Quero investir. Como começar?” comentei que o primeiro passo para iniciar o caminho dos investimentos é estudar. Para quem gosta de estudar e é autodidata como eu, este comentário deve ter caído como uma luva. Algumas recomendações são bem-vindas e eu mesmo sempre estou atrás delas quando resolvo estudar algo novo. Assim, como prometido no post anterior, aqui vai uma lista de livros, blogs e sites que fizeram toda a diferença para mim e que eu recomendo para todos que se interessam por finanças e o que vem junto com isso.


Ah, uma observação importante: Tenha em mente que nem todos os livros são integralmente bons e você não precisa concordar com tudo que está escrito lá. É preciso desenvolver a habilidade de extrair o que tem de melhor em cada fonte, aplicar o que for aplicável e ignorar o resto.


Mas leia! Esteja sempre lendo e estudando. Este artigo publicado pela Business Insider mostra que dentre os 15 hábitos de milionários que construíram sua própria fortuna, ler consistentemente é primeiro hábito! Comece por aqui…




Livros


1. O Homem Mais Rico da Babilônia, de George S. Clason

Categoria: Educação Financeira

Nível: Básico (157 páginas)


Vou ser bem sincero com vocês. No começo é legal, depois fica meio chato… Será que é por que já li 3 vezes? Talvez. Mas independente de ficar chato ou não depois de alguns capítulos, este livro traz um conceito absolutamente fundamental e importante para qualquer pessoa que quer investir e construir um patrimônio. Este conceito pode ser resumido em uma frase:


“Pague a si mesmo primeiro”


Esta frase é espetacular. Parece muito simples, mas para a grande maioria é difícil aplicar o conceito. Por outro lado, quem compreende e aplica, está na frente de muita gente.


Como aplicar na prática: Tenha um controle orçamentário e um controle sobre o seu fluxo de caixa. Pode ser numa planilha Excel ou num app para o seu smartphone. Você precisa saber quando entra e sai dinheiro da sua conta, inclusive vendo o futuro (pelo menos de um mês). Desta forma, assim que entrar o seu salário, ou qualquer outra fonte de renda que tiver, você saberá exatamente quanto pode separar para os seus investimentos (se pagando primeiro!), sem faltar dinheiro para pagar as contas no resto do mês. E não me venha falar que é impossível fazer isso, porque eu mesmo já faço há mais de 10 anos. Se eu consigo, qualquer um pode conseguir, se quiser de verdade e colocar as desculpas de lado.




2. Pai Rico, Pai Pobre, de Robert T. Kiyosaki e Sharon L. Lechter

Categoria: Educação Financeira

Nível: Básico (186 páginas)


Kiyosaki e Lechter não venderam milhões e milhões de exemplares deste livro à toa. Ele é bom mesmo. E o melhor: tem uma linguagem simples e didática. Resumindo um dos pontos essenciais do livro:


“Dedique-se a comprar ativos geradores de renda passiva”


Por renda passiva entenda todo o dinheiro que entra na sua conta sem você ter que “fazer nada”. Ou quase nada. Um exemplo fácil de renda passiva é o valor de aluguel de um imóvel. Você investe, compra o imóvel, põe pra alugar e pronto. À partir daí, se beneficia de uma renda passiva todos os meses. Quanto a ativos, de forma bem simples, é tudo o que coloca dinheiro no seu bolso. Simples. Para fixar a diferença entre ativo e passivo, guarde a imagem abaixo:

Como aplicar na prática: Invista! Direciona teu dinheiro para a compra de ativos geradores de renda:

  • Ações geram dividendos e juros sobre capital próprios (dentre outras rendas passivas…);

  • Fundos de Investimentos Imobiliários pagam aluguel mensal;

  • Renda fixa (títulos públicos do Tesouro Direto, debêntures, LCI’s, LCA’s) gera juros;

  • Imóveis geram aluguel;




3. A Filosofia Bastter de Acumular Patrimônio, de Maurício Hissa (Bastter)

Categoria: Educação Financeira

Nível: Básico (202 páginas)


Este livro foi um marco para os meus investimentos. Encontrei por acaso, navegando pelo Amazon.com e este talvez tenha sido o acaso mais importante da minha vida financeira.


O Bastter pode até não ser o melhor escritor. O texto pode até não ser muito bem escrito… Mas se você ignorar tudo isso e extrair a mensagem que está neste livro e, claro, pôr em prática, seu caminho para a construção de um patrimônio está muito bem encaminhado. A linguagem do livro é acessível a todos e tudo que o autor coloca no texto, em termos de ações, são coisas que estão sob o nosso controle e de mais ninguém. Ou seja, basta querer fazer.



4. Eu Quero Ser Rico!, de Maurício Hissa (Bastter)

Categoria: Educação Financeira

Nível: Básico (192 páginas)


Também do Maurício Hissa, este livro é um excelente complemento para “A Filosofia Bastter de Acumular Patrimônio”. Para quem está começando nos investimentos é um excelente guia e pra quem já está mais na frente, também é válido para reforçar alguns conceitos fundamentais para qualquer investidor.


Ao longo do tempo fui descobrindo que investir e acumular patrimônio é muito mais simples do que eu pensava, mesmo quando o investimento envolve ativos de renda variável, como ações e fundos de investimento imobiliário. Para quem foca em adquirir ativos de valor que geram renda passiva e não fica obcecado por acompanhar cada oscilação no mercado acionário, por exemplo, o processo chega a ser até mesmo tedioso.


Este livro do Bastter explora bem esta questão da simplicidade e mostra que para o pequeno investidor amador como eu e a maioria dos leitores deste blog, o caminho para se alcançar a independência financeira é surpreendentemente mais fácil do que se imagina.




5. O Milionário Mora ao Lado, de Thomas J. Stanley, William D. Danko

Categoria: Pesquisa e Perfil de Milionários

Nível: Básico (309 páginas)


Depois de mais de duas décadas de pesquisa, os autores deste livro apresentam um perfil detalhado de quem são os ricos e como eles vivem. Respondem a uma variedade de perguntas desde quais são suas profissões e ocupações até como fazem seus investimentos, ou ainda como ficaram ricos.


Todo o estudo foi conduzido nos Estados Unidos, mas certamente dá pra trazer muita coisa para a nossa realidade brasileira. Uma frase que resume o livro com precisão: “Um retrato que pode mudar para sempre a imagem que você tem do que realmente significa ser rico.”


Apesar de já conhecer muito do que foi mostrado como resultado das pesquisas, confesso que me surpreendi com algumas informações novas que o livro trouxe pra mim. Recomendo não apenas a leitura, com também a escuta do audiobook que dá para encontrar no Amazon.com.




6. Crash – Uma Breve História da Economia, de Alexandre Versignassi

Categoria: Economia e Finanças

Nível: Básico (352 páginas)


Este livro divertidíssimo é uma verdadeira viagem ao longo dos séculos, explorando conceitos fundamentais para entender a economia em que vivemos hoje, conceitos básicos que regem o dinheiro e os investimentos, a evolução da moeda e o funcionamento dos mercados financeiros, com os seus períodos de euforia e depressão.


Talvez não tenha ensinamentos diretamente práticos como outras obras aqui da lista, mas traz com uma linguagem bastante clara e sem jargões um conhecimento geral sobre economia e finanças que, indiretamente, vai te ajudar a entender melhor os fatores que afetam o seu dinheiro.



7. Economia: Modo de Usar, de Ha-Joon Chang

Categoria: Economia e Finanças

Nível: Básico (448 páginas)


Também com uma linguagem fácil e tom divertido, Ha-Joon Chang apresenta nesta obra uma visão geral das teorias econômicas e sua evolução histórica. É uma obra mais densa que Crash, mas é um excelente complemento para entender os conceitos e teorias que fazem da nossa economia o que ela é hoje.


Depois de ler bastante sobre finanças pessoais, educação financeira e investimentos, parti um pouco mais para livros mais abrangentes sobre economia e confesso que fiquei empolgado com tudo o que li até agora. Talvez para o leitor mais iniciante que se interessa pelo assunto, vale a pena começar com Crash e depois partir para este aqui.




8. Sonho Grande, de Cristiane Correa

Categoria: Empreendedorismo, Investimentos e Inspiração

Nível: Básico (264 páginas)


Bom, eu devorei este aqui em 3 dias. Dava até pra ser em 2, se tivesse mais tempo livre na época. Alguns críticos comentaram no lançamento do livro que a Cristiane Correa escreveu na verdade uma longa matéria para a revista Exame, ao invés de um livro mas, como nunca dei muita bola pra crítico nenhum, li e gostei muito.


Conhecia um pouco da trajetória destas três figuras da capa, mas ler os detalhes da trajetória de cada um deles foi muito inspirador para mim. Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira de fato construíram um verdadeiro império, desde a época do Banco Garantia até a aquisição de grandes empresas americanas como Budweiser, Heinz e Burguer King. E os planos não param por aí. Os caras realmente sonham grande. Muito grande. Vale a pena ler e se inspirar.





9. Elon Musk, de Ashlee Vance

Categoria: Empreendedorismo e Inspiração

Nível: Básico (416 páginas)


Elon Musk é um dos meus heróis e seria uma heresia não incluí-lo nesta lista. Assim como no caso de Sonho Grande, recomendo a biografia de Musk sobretudo como uma fonte de inspiração. Ele realizou coisas tão extraordinárias (e tem planos para outras mais extraordinárias ainda) que mesmo para quem não tem interesse em empresas de alta tecnologia, ler este livro é uma experiência maravilhosa.


O livro também mostra a trajetória dele como investidor e sua capacidade espetacular de multiplicar seu patrimônio colocando em prática uma ideia brilhante seguida da outra. Quem acompanhou o lançamento do seu foguete Falcon Heavy (sim, Elon faz foguetes reutilizáveis...) no dia 6 de fevereiro de 2018 (link do YouTube), teve um exemplo deslumbrante da sua capacidade de realização.


Mais um livro que vale muito a pena ler e se inspirar.




10. Investindo em Ações no Longo Prazo, de Jeremy J. Siegel

Categoria: Investimentos

Nível: Avançado (448 páginas)


The Washington Post escreve na capa: “Um dos melhores livros sobre investimentos de todos os tempos”. Dá para entender o por quê. Este livro ajudou a mudar completamente a minha visão sobre o que é investir em ações, junto com “A Filosofia Bastter de Acumular Patrimônio”.


Ele tem uma leitura pesada e talvez para os iniciantes seja mais complicado extrair a essência, mas mesmo assim, recomendo a todos deixar esta obra na lista de leitura, sobretudo para quem almeja investir em ações.


O autor explora uma série de mitos sobre o investimento em ações e mostra que quem consegue se abstrair das oscilações de curto prazo do mercado e finalmente entende que no longo prazo o preço das ações invariavelmente seguem o valor da empresa, encontra no mercado acionário um dos meios mais extraordinários de construção de riqueza que existe.


Como aplicar na prática: Invista em ações! Mas invista consciente, sabendo o que está fazendo. Comece devagar, com pouco dinheiro, enquanto vai entendendo melhor como o mercado funciona e vai estudando as empresas boas para ser sócio.


Para investir adequadamente em ações você precisa se afastar da mídia de massa que é destrutiva nas suas indicações de “giro de patrimônio”, sugerindo o tempo todo que a forma de ganhar na bolsa é “comprar no fundo e vender no topo”. Você vai vencer na bolsa comprando cada vez mais ações de empresas boas e se beneficiando do crescimento destas empresas no longo prazo. Simples.


Sabe quando eu penso em vender as minhas ações? Nunca. Enquanto as empresas forem boas e tiverem valor, eu quero ser sócio delas e vou me beneficiar do seu crescimento. Este é o tipo de pensamento que faz toda a diferença e que eu aprendi lendo esta obra espetacular.




11. O Jeito Peter Lynch de Investir, de Peter Lynch e John Rothchild

Categoria: Investimentos

Nível: Avançado (304 páginas)


Eu sou fã de Peter Lynch e qualquer coisa que ele escreve me agrada. Ele foi o gestor do maior fundo de ações do mundo, o Fidelity Magellan Fund e o mais rentável durante o período.


Neste livro, que é a tradução do famoso “One Up on Wall Street”, Lynch compartilha muito sobre a sua forma de pensar como investidor e enfatiza que devemos investir naquilo que mais conhecemos, usando este conhecimento para identificar empresa de valor.


Estas obras de grandes investidores frequentemente caem um pouco para o lado de trade de valor, que é algo que vamos explorar mais na frente, mas mesmo para quem foca em formas de investimentos mais conservadoras, vale a pena a leitura para entender o modo de pensar destes mestres e extrair daí algumas boas lições para aplicar nos seus próprios investimentos.


Pra quem domina bem o Inglês, algo que abre um verdadeiro universo de possibilidades e fontes inesgotáveis de conhecimento online, uma outra ótima opção é assistir aos vídeos do Peter Lynch, disponíveis no YouTube. Em especial esta palestra que ele fez em 1994 e que é absolutamente brilhante, além de engraçadíssima.




12. Ações comuns, lucros extraordinários, de Philip Fisher

Categoria: Investimentos

Nível: Avançado (272 páginas)


Na minha opinião, Fisher tem uma forma de escrever bem mais formal (e chata) que o Peter Lynch, mas mesmo assim, como comentei antes, vale a pena a leitura para entender como estes grandes investidores de sucesso pensavam sobre suas estratégias vencedoras.


Nesta obra o autor explica o seu método para selecionar empresas de valor para investir no mercado acionário, empresas destaque em seu setor, com boa administração e perspectivas excelentes e sustentáveis de crescimento no longo prazo.


Fisher considerava que vender as ações apenas porque mostraram uma forte valorização no curto prazo era um erro (concordo plenamente). Segundo sua metodologia, as ações deveriam apenas ser vendidas caso o investidor percebesse que errou na avaliação da empresa, caso a empresa não atendesse mais aos requisitos utilizados na sua seleção ou caso houvesse outra companhia muito mais atrativa para investir (concordo de novo).


Sinceramente, julgo que muito do que o autor coloca no livro é impraticável para o pequeno investidor amador, mas como conceito geral da forma de se avaliar uma empresa antes de comprar suas ações, vejo que sem dúvidas, vale a pena a leitura.




Tenho mais algumas dezenas de livros que poderia listar aqui, mas vou fazer isso aos poucos, senão este post não vai ao ar nunca. Se eu me esquecer de listar mais itens aqui, me cobrem! Agora vamos aos blogs…



Blogs


Aqui no Brasil os blogs sobre finanças e independência financeira estão ganhando cada vez mais espaço, o que é bom para todos nós, interessados no assunto. Lá fora as coisas já estão bem mais avançadas. O assunto é largamente discutido, os blogs são bem movimentados e a comunidade de pequenos investidores e entusiastas é enorme. Mas tudo tem um começo e aos poucos vamos chegar lá também!


Vou listar alguns dos blogs que eu sigo (uma seleção, pois se fosse colocar tudo, a lista seria enorme) e que adicionaram muito valor aos meus conhecimentos financeiros.


Ah, antes de ver a lista, se você quiser conferir a minha visão sobre o que é Independência Financeira, dá uma olhada neste post que publiquei em Jan/2017: Mas, afinal… O que é mesmo independência financeira?


1. Go Curry Cracker! – Retire Early. Travel the World (www.gocurrycracker.com)


Neste blog sensacional (em Inglês), Jeremy e Winnie compartilham suas aventuras viajando o mundo, depois de terem alcançado sua Independência Financeira. Contam o processo desde o começo, quando mesmo bem empregados e com bons salários, tinham uma vida frugal e simples, mas economizavam mais de 75% das suas receitas. Hoje compartilham seus conhecimentos no blog e o custo de vida em diversas partes do planeta. Foi um dos primeiros blogs que encontrei e que até hoje me serve como grande inspiração.




2. The MadFientist – Financial Independence and Early Retirement (www.madfientist.com)


Aqui o Brandon compartilha sua trajetória e faz entrevistas com diversas pessoas ligadas à Independência Financeira (IF). Os podcasts são excelentes e vão ficando cada vez melhores. O conteúdo também está em Inglês.


Pra quem vai escutar as entrevistas desde a primeira (hoje já são mais de 30), é super bacana acompanhar a evolução do próprio Brandon, que no começo comenta que ainda está buscando sua IF e depois de várias entrevistas, anuncia que atingiu sua meta, largou o emprego e foi morar na Escócia com a sua esposa.


Um exemplo real de que a Independência Financeira pode ser alcançada por qualquer pessoa que se planeja adequadamente e tem a disciplina de poupar e investir ao longo dos anos.




3. jlcollinsnh – The Simple Path to Wealth (www.jlcollinsnh.com)



Outro blog que eu acompanho de perto é o do Jim Collins. Ele escreve sobre negócios, viagens e, é claro, dinheiro. Tem uma longa experiência com investimentos, conta como cometeu vários erros como investidor ao longo dos anos (e como aprendeu muito com isso) e tem um estilo próprio de escrever que me agrada muito. Ele criou uma série de posts e ordenou numa seção chamada Stock Series que é um verdadeiro tesouro de conhecimento para investidores de plantão e o melhor: Não é o tesouro secreto. Não precisa de mapa, nem bússola. É só clicar e ler.


Acessando este conteúdo disponível para todos no blog do Jim realmente eu vejo como a Internet é incrível e uma fonte espetacular de conhecimento. Basta querer aprender.



Sites


Aqui as opções são vastas e as fontes de pesquisa são intermináveis, mas neste momento quero focar em sites relacionados a um assunto que ainda vamos falar muito aqui no blog: Custo de Vida.


Vamos ver mais na frente que entender o seu custo de vida atual, futuro, aqui no Brasil, no exterior (caso pense em atingir sua IF e viver no exterior), é uma questão fundamental e que faz toda a diferença.


Para ir me inteirando sobre a realidade de outros países e fazer as mais diversas pesquisar sobre o assunto, uso sobretudo os sites abaixo:



1. Numbeo (www.numbeo.com)


Este excelente site tem informações detalhadas e constantemente atualizadas sobre custo de vida nos quatro cantos do mundo. Você pode fazer comparações, customizar suas pesquisas, atualizar dados referentes ao custo de vida da cidade onde mora e tem acesso a muitos outros dados sobre qualidade de vida, saúde, nível de criminalidade, poluição e muito mais. Tudo de graça e de forma bem didática.



2. Expatistan (www.expatistan.com)


Outra fonte de pesquisa muito boa sobre custo de vida ao redor do mundo é o Expatisan. Particularmente eu ainda prefiro o Numbeo, mas acabo sempre conferindo um dado ou outro a mais neste site. Além de comparativos, você vai ter acesso a rankings, calculadoras e ferramentas diversas para simular uma vida no exterior. Usando bem estes sites, a chance de ter surpresas desagradáveis lá na frente é bem menor. Vale a pena a visita!




Bom, isso é tudo pra agora. Esta lista estará em constante atualização: sempre que encontrar um livro, blog ou site novo, venho aqui e enriqueço a lista. Se tiverem outras recomendações comentem aí embaixo. Espero que a lista seja útil e boas leituras!

44 visualizações

© 2018 - O Plano Real - Consultoria Financeira